Pela rota dos 7 Lagos

Ontem era para ser um dia light – ao menos em tese.

Mas o problema de estar em um paraíso como os Lagos Andinos é que a tentação de ignorar dores musculares e lógica e simplesmente continuar correndo é maior do que qualquer coisa.

E, assim, já nos primeiros passos da Ruta 40, em um trecho da Rota dos 7 Lagos, me esqueci completamente do tempo e dos planos. De um lado, paredões rochosos revezavam com florestas de pinheiros; de outro, lagos espelhados se estendiam para além da vista.

Uma pequena batalha acontecia no céu, com o sol querendo sair e sendo impedido por nuvens que enviavam uma garoa fina, fria e cortante. Estava frio, aliás – mas nada que atrapalhasse a paisagem.

Onde dava, eu ignorava a estrada e seguia pelas trilhas paralelas; em outros, eu apenas me focava nas laterais. Me estendi 7km além do planejado, fazendo ainda uma entrada pela margem que ainda não conhecia do Rio Correntoso. Excelente ideia: uma água cristalina abria caminho para uma paisagem tão dramática que cheguei a imaginar que estivesse sonhando ou preso dentro de uma tela impressionista.

Não estava – e a realidade fazia tudo ficar ainda mais incrível.

Depois de pouco mais de 2 horas, acabei tomando coragem e voltando ao hotel. O dia já reinava pleno, e todo um roteiro turístico me aguardava.

Tudo bem: rodar pela região dos 7 lagos apenas fez crescer a ansiedade pela corrida do dia seguinte, em novos e inexplorados terrenos.

/home/wpcom/public_html/wp-content/blogs.dir/5b7/69502451/files/2014/12/img_6321.jpg

/home/wpcom/public_html/wp-content/blogs.dir/5b7/69502451/files/2014/12/img_6325.jpg

/home/wpcom/public_html/wp-content/blogs.dir/5b7/69502451/files/2014/12/img_6327.jpg

/home/wpcom/public_html/wp-content/blogs.dir/5b7/69502451/files/2014/12/img_6323.jpg

/home/wpcom/public_html/wp-content/blogs.dir/5b7/69502451/files/2014/12/img_6329.jpg

/home/wpcom/public_html/wp-content/blogs.dir/5b7/69502451/files/2014/12/img_6335.jpg

/home/wpcom/public_html/wp-content/blogs.dir/5b7/69502451/files/2014/12/img_6331.jpg

/home/wpcom/public_html/wp-content/blogs.dir/5b7/69502451/files/2014/12/img_6333.jpg

/home/wpcom/public_html/wp-content/blogs.dir/5b7/69502451/files/2014/12/img_6337.jpg

/home/wpcom/public_html/wp-content/blogs.dir/5b7/69502451/files/2014/12/img_6345.jpg

/home/wpcom/public_html/wp-content/blogs.dir/5b7/69502451/files/2014/12/img_6343.jpg

/home/wpcom/public_html/wp-content/blogs.dir/5b7/69502451/files/2014/12/img_6341.jpg

/home/wpcom/public_html/wp-content/blogs.dir/5b7/69502451/files/2014/12/img_6339.jpg

/home/wpcom/public_html/wp-content/blogs.dir/5b7/69502451/files/2014/12/img_6347.jpg

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s