‘All systems go’!

Acordei com aquele medo natural que, psicologicamente, “gera” dor justamente onde mais se teme tê-la. Me revirei, pensei, calculei e concluí: não seria inteligente rodar 4 horas hoje.

Por outro lado, também não seria inteligente sucumbir ao medo.

Escolhi uma rota menor: Sumaré, Jardim das Perdizes, Parque da Água Branca, Pacaembu, Brasil e Ibirapuera. Na rota, uns 25km rodados em todos os ritmos possíveis e aproveitando subidas e descidas.

No segundo km, confesso que um pequeno incômodo realmente apareceu para me apavorar. Mas foi só deixá-lo de lado e, como sempre, prestar mais atenção na biomecânica. Aquele foi o último momento que senti dor.

Dali para a frente foi só treino natural, normal, como um sábado qualquer. 25km, pace de 5m54s/ km lisos, fluidos.

E com mais um bônus: a possibilidade de fechar a quilometragem semanal como originalmente planejado, dobrando a carga de amanhã para 3 horas. Melhor que a encomenda.
De toda forma, seja como for, o ponto alto do dia foi concluir que estou já normal, intacto. E pronto para a Bertioga-Maresias!

Ufa!

  

Publicidade

Garmin Forerunner 620 e o LiveTracking

Faz já algum tempo que havia comprado o Garmin Forerunner 620 – um relógio que prometia ser uma Ferrari mas que acabou se comportando como um FIAT 147. Tive problemas com a sincronização do calendário, o suporte online e a assistência técnica – esta última tendo levado mais de 2 meses (!) para corrigir o problema e me mandar de volta, por Correio, o aparelho.

Bom… por mais que eu esteja mais do que satisfeito com o Adidas SmartRun – que, na minha opinião, supera de longe qualquer outro relógio – o fato é que ele tem um problema crítico de duração de bateria (ao menos para quem faz ultras).

Esse, no entanto, é um ponto mais forte do Garmin. Mas o mais bacana dele é o LiveTracking, sistema que permite o acompanhamento em tempo real do corredor ao longo do percurso (plotado ao vivo via GPS) por amigos e familiares. Perfeito para trilhas, aliás, onde a marcação é mais precária e os postos mais improvisados.

Testarei essa funcionalidade lá na Indomit Bombinhas, já neste sábado. Quem quiser acompanhar (até para ver esse sistema rodando em tempo real) só precisa ficar ligado no meu Twitter, o @NCorrida.

Tomara que funcione!

IMG_5405_thumb