Antes e depois de uma ultra

Sempre que eu termino uma ultra eu costumo me olhar no espelho. Não, não passarei aqui nenhuma mensagem piegas no estilo autoajuda ou coisa do gênero: eu simplesmente me surpreendo com o quanto envelheci ao longo de 80, 90, 100km. 

Isso é normal: os altos e baixos de um percurso longo, a desidratação, a exaustão e os tantos demônios que enfrentamos em uma ultra realmente nos deixam… digamos… mais sábios. E, com a sabedoria, vem também o envelhecimento.

Também é verdade que nos recuperamos rapidamente. Basta um banho e uma noite bem dormida que pronto: estamos como novos, como estávamos antes de cruzar a largada. 

Sob esse aspecto, correr uma ultra é como viajar um pouco ao futuro e captar o tipo de sabedoria sobre a vida que só se ganha com a idade. E depois voltar – mas mantendo esse aprendizado. 

Uma matéria da Trail Runner fez um experimento que achei perfeito: registrou fotos de diversos corredores dos 125km da UltraTrail Harricana antes e depois da prova. Veja alguns exemplos abaixo. 

Percebe o envelhecimento? Aquele olhar de quem descobriu algo denso e novo sobre si mesmo e sobre a vida? 

É por isso que correr ultras é tão sensacional.

Vale conferir a matéria inteira clicando aqui.

   

   

  

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s