Desobediência gerando endorfina

O dia passou. 

À noite, entrando no hotel, nenhuma dor muscular falava mais alto do que a vontade de cruzar a cidade a pé.

Gosto de correr em cidades pequenas: há um vazio nas ruas, uma rápida familiarização com as esquinas, uma sensação singular de calmaria que não se conhece em São Paulo.

Atravessei Joinville no breu, iluminada apenas por meia dúzia de postes que teimavam em funcionar, seguindo até o Batalhão, lugar que vira pista de corrida às manhãs e noites.

Acho curioso que um dos locais que a cidade elegeu como point de corrida seja um quarteirão de pouco mais de 1km. Mas fui, ora desviando de idosos, ora cortando troteiros mais calmos, ora me emparelhando com outros corredores. De ponto a ponto foram 10km cravados, incluindo neles algumas subidas que encontrei no caminho e ruelas com casinhas bucolicamente cuidadas, do tipo que se encontra apenas aqui pelo sul.

O frio leve ajudou a fazer o pace deslizar mais leve, bem como a absoluta falta de movimento por todos os cantos em que aportava. Estava, de fato, uma noite perfeita para correr.

Em pouco mais de 50 minutos estava de volta, ofegante, na porta do hotel. Ainda era cedo, antes das 21, e essa estranha sensação de tempo livre foi bem vinda. Cheguei até a pensar em dar uma outra volta – mas seria demais. 

Subi para o quarto e fiquei lá olhando o teto, imóvel, apenas respirando. 

Sem absolutamente nenhuma dor do tipo que estava pregando minhas pernas.

Correr foi mais analgésico que eu imaginava. Acho que, às vezes, uma boa dose de desobediência pode gerar uma medida exata de endorfina.

  

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s