Moído

A semana está leve. Levíssima, dado o volume que vem pela frente e os quilômetros que deixei no Ceará. Ao todo, fiz 32km nos últimos 3 dias e terri mais 33, aproximadamente, no final de semana.

O problema é que, aparentemente, os quilômetros cearenses vieram comigo de volta para São Paulo. O exagero de fazer 8 dias sequenciais recheados com dunas e mais dunas de areia fofa parecem ter deixado um legado semelhante ao que apareceu depois de emendar Comrades com os 50K de Atibaia. 

As pernas doem, como se estivessem moídas, e o cansaço geral está além do que deveria. Não há nenhuma dor mais preocupante – ligamentos, joelhos, articulações e ossos estão perfeitos, o que deixa afastado algum risco maior de lesão. Mas, claro, há uma luz amarela acesa.

Veremos como o corpo reagirá ao descanso de amanhã e à conclusão mais leve, com menos volume e menos intensidade, dessa semana. 

E torçamos para que a recuperação venha com um pace mais rápido que o que estou conseguindo manter!

  

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s