Checkpoint 4: Planos mudados, efeitos aguardados

Rumo a Comrades 2018

Dor, cansaço, preguiça: palavras que dificilmente queremos ver associadas à vésperas de uma prova tão esperada quanto a Comrades. Infelizmente, o corpo tem os seus próprios impulsos e é ele quem determina como quer se sentir.

Mas, claro, se não temos como forçá-lo a se sentir como queremos, temos como adaptar o contexto para melhorar todas as condições. As mudanças que coloquei em curso desde ontem foram com esse intuito.

De imediato, as 3 horas de ontem foram transformadas em menos de 2 e as 2 de hoje, canceladas. No total, passei pouco mais de 5 horas nas ruas essa semana e somei 52km. Pouco, mas pelo menos a um pace maior.

O plano, em essência, é começar a reconstruir o volume nas próximas semanas – algo MUITO diferente da consistência com que encarei a prova no ano passado:


Semana que vem devo rodar 75km; na próxima, 80km.

Durante a…

Ver o post original 124 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s