Up-run: A largada

Rumo a Comrades 2018

Quem, como eu, está indo para a África buscar a medalha back-to-back da Comrades, deve estar também se perguntando sobre as diferenças de percurso em relação ao ano passado. Tudo muda: a largada é em uma avenida ampla de uma cidade grande, sobe-se MUITO mais na primeira metade e chega-se em uma pequena vila interiorana encravada no meio do vale dos mil morros.

Pois bem: um pouco de pesquisa nunca fez mal a ninguém e decidi sondar um pouco sobre as características do percurso da up-run.

A primeira coisa que se fala é da semelhança: as ruas de Durban ficam tão cheias quanto as de Pietermaritzburg na madrugada, o clima é de festa com aquela dose a mais de ansiedade e o ar parece ser tomado com cantos de “shosholoza”.

Mas há uma diferença crucial aqui – principalmente para quem largará mais ao fundo: o tamanho da avenida.

Em Pietermaritzburg…

Ver o post original 217 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s