Longão de largada para a Comrades

Rumo a Comrades 2018

Sabe aqueles dias que acordamos com vontade de realmente testar a recuperação? Nada de 10k em volta do parque, naquele plano leve: às vezes é necessário subir um pouco a barra para nos “sentirmos” de verdade.

E foi isso que fiz hoje, exatos sete dias depois da Ultra Estrada Real: me mandei cedo para 2 horas subindo e descendo as ladeiras de Perdizes.

Sem a mochila de hidratação – coisa, aliás, mais bacana de todo o foco em treino para Comrades uma vez que qualquer peso a menos é sempre bem vindo.

No começo, me surpreendi com a velocidade: estava me sentindo quase flutuando, voando baixo pelas ruas mais planas entre a minha casa e a Sumaré. Fui por lá até o Jardim das Perdizes, depois dei uma volta no Parque da Água Branca (onde o Strava me deu um trofeuzinho de CR) e, depois, me embrenhei pela região do…

Ver o post original 79 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s