Ultra Estrada Real: estamos no Webrun :-)

Recebi, ontem, um email da Webrun informando que a Ultra Estrada Real está já formalmente aparecendo no portal. Mesmo sendo uma ultra independente, que está quase que se auto-organizando com base na pura vontade de corredores, é bom começar a vê-la já em “carne e osso” em posts e sites.

Aliás, o incrível desse “evento” é justamente o fato dele representar o que considero como mais apaixonante de todo esse esporte: uma motivação gerada pelo amor às trilhas e distâncias – e não por kits recheados e multidões aplaudindo.

Que bom :-)

Screen Shot 2014-11-13 at 3.22.00 PM

Ultra Estrada Real: Informações organizadas

Como o volume de informações sobre a Ultra Estrada Real estava ficando grande demais, acabei organizando tudo em um mesmo ambiente. Informações sobre a prova, o percurso, mapas, planilhas, fotos, formulário e tudo mais pode ser visto agora no http://www.rumoastrilhas.com/ultraestradareal . Simples assim :-)

Na medida em que for juntando mais informações, vou colocando tudo lá, ao alcance. E, claro, quem tiver qualquer dúvida ou precisar saber de alguma coisa específica, é só comentar por aqui que eu providencio!

Screen Shot 2014-11-12 at 6.53.26 PM

O “relax organizacional” das corridas de trilha

Uma das dificuldades para quem está mudando das ruas para as trilhas é a falta de informações – sob todos os aspectos.

Pudera: todos os finais de semana, circuitos de rua levam milhares de corredores para linhas de largada – o que também significa milhares de reais em faturamento. Com mais dinheiro, vem mais investimento, incluindo sites bem elaborados, mapas claros de percurso e mais repercussão em sites e veículos especializados, seduzidos tanto pela demanda quanto por acordos publicitários. Não há mal em nada disso: afinal, organização de corridas é um negócio que, como todo negócio, existe para dar lucro. E a busca pelo lucro, por sua vez, é o melhor combustível que motiva organizadores a tratar bem e mimar corredores/ clientes (exceto no caso da Yescom, que faz tudo errado o tempo todo e, contrariando as leis do marketing, sobrevive).

Quando se muda para as trilhas, no entanto, os números são todos menores. Há poucas centenas – e não muitos milhares – de atletas interessados; os percursos são mais escondidos (e, portanto, menos chamativos); e mesmo os esforços de divulgação são parcos. Achar um evento depende muito mais do esforço incessante do atleta do que da capacidade de marketing do organizador.

Bom… no caminho até a Réccua Douto Ultra Trail, coloquei como meta fazer pelo menos uma corrida de trilha de distância razoável. Procurei, procurei, procurei.

Até que achei uma próxima e, com muito esforço, me inscrevi. No dia 6 de julho, em algum lugar perto de Campinas (no Bar do Vicentão, para ser mais “exato”), largarei na etapa Ponte Queimada do Circuito Mundo Terra Pé na Estrada.

Serão 27km em um percurso sobre o qual não consegui nenhuma informação e, portanto, não faço a menor ideia. Chega a ser divertido, assim como o esquisitíssimo site da Ultrarunner Eventos (imagem abaixo), que organiza a prova.

Bom… acho que devo encarar isso como as boas vindas ao mundo mais “organizacionalmente relaxado” das corridas de trilha :-)

E agora… agora é esperar para sentir como será esse primeiro teste!

Circuito Pé na Estrada