Nada como uma meta para o segundo semestre

Tá… estamos em abril, ainda tenho toda uma Comrades pela frente e sei que o segundo semestre, do ponto de vista de planejamento de corrida, está MUITO distante. 

Mas isso não significa que não possa pelo menos começar a rascunhar alguns dos planos. 

Pois bem… na minha lista de desejos, uma das coisas que está começando a gritar por atenção é fazer alguma corrida de 100km. Sim, sei que 100 é só um número… mas, ainda assim (e talvez por isso mesmo) é também um marco que gostaria muito de alcançar. 

Em uma pesquisa rápida feita na Web, achei apenas uma prova aqui no Brasil: a Morretes-Guaraqueçaba, lá no Paraná, que totaliza 105km no comecinho de agosto. Fora do Brasil (mas ainda nas proximidades) há a Ultra Trail Torres del Paine, na Patagônia Chilena – mas temo ser muito fora de mão para mim nessa época. 

Esse é o principal “pro” a favor da Morretes-Guaraqueçaba: é perto, acessível e em um mês relativamente calmo para mim. Há mais coisas a favor: o percurso inteiro é pouco técnico, praticamente feito de estradas de terra, bem no estilo que eu curto. 

O negativo é a falta de belezas naturais, pelo menos nos vídeos que eles disponibilizam no site. Tudo parece meio “sem graça”, com poucos atrativos. Seria o tipo de prova que iria mais pelo desafio e meta de fechar 100km do que qualquer outra coisa. 

Tenho mais algum tempo para decidir… mas, ao que tudo indica, estou bem perto de confirmar a participação e dar um “check” em mais um item da minha lista!

  

Para a lista de desejos: Skyrace em Tromso

Ontem, enquanto corria e ouvia o podcast TalkUltra, descobri que dois dos maiores ícones do cenário das ultras, Kilian Jornet e Emelie Forsberg, organizaram uma prova do circuito Skyrunning para este setembro.

Pois é: como está muito em cima e o local, Tromsø (Noruega), não é exatamente ali na esquina, não terei como participar. Mas a vontade sobrou.

Serão duas provas, uma maratona (com 4,3 mil metros de elevação) e outra de 19K (com 1,6 mil metros). Ambas acontecerão no continente, bem perto da ilha em que fica Tromso, e contarão com aquelas paisagens nórdicas absolutamente deslumbrantes – como na foto abaixo.

A prova é tão única, na verdade, que fiquei na dúvida entre colocar este post na categoria “provas” ou simplesmente “inspiração”. Afinal, se tem um motivo que corremos é para poder testemunhar as belezas do mundo… não?

Para quem se interessar, o link é http://tromsoskyrace.com/

#BoasTrilhas

07-rett-og-slett-vakkert-terreng-lett-c3a5-lc3b8pe-her