Checkpoint: No ponto

Último checkpoint antes da largada, que ocorrerá nesta sexta.

Diferentemente das últimas provas, essa fase de tapering (ou polimento) foi suave – muito suave. O que fiz? Deixei a ansiedade de lado, quase ignorei a planilha e fiz minhas últimas dias semanas focando um descanso cauteloso.

Não fiz os 60 previsto na semana retrasad0 – fiz 43; e, nessa última, acabei cumprindo naturalmente os 35, com os últimos 16K percorridos no mais puro e endorfinado êxtase em torno da Lagoa e do trecho entre Leblon e Arpoador, no Rio.

Terminar o preparo para uma prova imerso no clima de Olimpíadas é, sem dúvidas, algo único.

Bom… agora é administrar esses últimos dias. O corpo está perfeito, a gripe já se foi, a ansiedade está bem controlada e mesmo as dores fantasma, que costumam aparecer nesses períodos, sequer deram sinal.

Perfeito.

No ponto.

Anúncios